Arthur Miranda Fortes

De wikiasd
Revisão de 14h51min de 11 de setembro de 2013 por Daniel joveliano (discussão | contribs) (Criando Categorias)

Ir para: navegação, pesquisa

ARTHUR MIRANDA LIMA FORTES. Pastor. Nasceu no dia 28 de setembro de 1937, no interior do município de Palmeira das Missões, RS. Filho de Gomercindo Álvares Siqueira Fortes e de Carmelita Lima Fortes.

Até aos 19 anos permaneceu com seus pais trabalhando na agricultura e na criação de animais.

Estudou o Primário em várias escolas do município, sendo que todas as professoras eram adventistas. Estudou dois anos em uma escola particular em Palmeiras das Missões, e seu último ano do primário na Escola Adventista de Miraguaí.

Em 1956, foi enviado ao Ginásio Adventista de Taquara,, atual Instituto Adventista Cruzeiro do Sul. Ali concluiu o ginásio e o curso técnico de contabilidade.

Concluindo o curso de contabilidade, começou a trabalhar em Porto Alegre numa distribuidora de tecidos e lãs.

Em junho de 1964 recebeu um convite da Associação Sul Riograndense para fazer parte da equipe de assistentes de colportagem. Aceitou o chamado, e por cinco anos atuou vendendo literaturas adventistas.

Casou-se com Loeci Rodrigues da Silva no dia 25 de maio de 1966 e da união matrimonial nasceram três filhos: Jaílson, Lucimara e Liander.

Do dia primeiro de julho de 1964 à 31 de julho de 1969 exerceu suas atividades como assistente de colportagem na Associação Sul Riograndense. De agosto de 1969 à julho de 1971 trabalhou na tesouraria do IACS, em Taquara. A partir de agosto de 1971 ao mesmo mês de 1974 foi comprador e tesoureiro do Instituto Adventista de Ensino, em São Paulo (atual UNASP-SP), sendo então transferido para o Departamento Industrial Superbom, onde exerceu a gerência financeira até janeiro de 1978. Em São Paulo concluiu o curso de Ciências Administrativas, introduzidos no Rio Grande do Sul, formando-se em 1977.

Recebeu um chamado da Associação Rio Minas em 1978 para atuar como gerente do SELS, diretor de colportagem e tesoureiro de campo. Permaneceu no Rio de Janeiro até 1983. Fez um curso de especialização na área de finanças na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Posteriormente, assumiu a tesouraria da Associação Sul-Riograndense. Ali permaneceu até julho de 1987. Em 1984 foi ordenado ao ministério.

Recebeu um chamado da Casa Publicadora Brasileira para fundar um loja em São Pulo e ajudar no setor de compras.

Seus últimos anos de trabalho foram desempenhados na CPB, quando aposentou-se.

Atualmente reside em Tatuí, SP.

BIBLIOGRAFIA: SARLI, Tercio. Minha Vida de Pastor. Certeza Editorial, Campinas, SP, 2011.