Mudanças entre as edições de "Associação Geral"

De wikiasd
Ir para: navegação, pesquisa
m
m (Divisões)
Linha 17: Linha 17:
 
   <li>Sul-Africana – Oceano Índico</li>
 
   <li>Sul-Africana – Oceano Índico</li>
 
   <li>Sul-Asiática</li>
 
   <li>Sul-Asiática</li>
   <li>Ásia - Pacífico Sul</li>
+
   <li>Ásia Pacífico Sul</li>
 
   <li>Trans-Européia</li>
 
   <li>Trans-Européia</li>
 
   <li>África Centro-Oeste</li>
 
   <li>África Centro-Oeste</li>
Linha 37: Linha 37:
  
 
A Associação Geral não é algo separado das igrejas, Associações ou Uniões, mas é a soma de todas essas, a união de todas partes para unidade e cooperação ao realizar a obra da qual Cristo incumbiu Sua Igreja. (Praxe da AG, “Administrative Relationships.” 1962. Veja Manual da Igreja, cap. 4).
 
A Associação Geral não é algo separado das igrejas, Associações ou Uniões, mas é a soma de todas essas, a união de todas partes para unidade e cooperação ao realizar a obra da qual Cristo incumbiu Sua Igreja. (Praxe da AG, “Administrative Relationships.” 1962. Veja Manual da Igreja, cap. 4).
 
  
 
== Presidentes ==
 
== Presidentes ==

Edição das 17h42min de 22 de julho de 2013

Organização de governo central da IASD, composta de Missões, Associações locais, Uniões e Divisões. Foi organizada em 21 de maio de 1863, em Battle Creek, Michigan, onde a sede permaneceu até 1903. O endereço atual da sede é 12501, Old Columbia Pike, Silver Spring, Maryland 20904-6600.

A AG conduz a obra adventista mundial através de seções chamadas Divisões, cada uma operando dentro de um território especificado determinado pela AG.


Divisões

  • África Centro-Oriental
  • Euro-Africana
  • Euro-Asiática
  • Inter-Americana
  • Norte-Americana
  • Ásia-Pacífico Norte
  • Sul-Americana
  • Sul do Pacífico
  • Sul-Africana – Oceano Índico
  • Sul-Asiática
  • Ásia – Pacífico Sul
  • Trans-Européia
  • África Centro-Oeste

As Divisões são operadas pela Constituição, Estatutos e Praxe da AG. Assim a IASD é organizada, não como uma série de Igrejas locais ou regionais separadas mas como uma Igreja mundial, unificada, usando o Manual da Igreja e operando por um conjunto geral de procedimentos . Esse conceito é executado em cada Divisão cujo presidente, é também um vice-presidente da Associação Geral. Em países onde o regime político é desfavorável à prática religiosa, os leigos dirigem à obra, como é o caso da China.

Os oficiais da AG são: o presidente, treze vice-presidentes gerais e um presidente de cada Divisão; o secretário, o vice-secretário, cinco secretários associados, o tesoureiro, vice-tesoureiro e cinco tesoureiros associados. Há também quatro secretários de campo, um auditor e oito auditores associados. O número de associados e assistentes acima é variável, de acordo com as condições e necessidades. Há nove departamentos, escritórios e associações na AG, que promovem as várias fases do trabalho da Igreja na União e departamentos da Associação local. São eles: Ministérios da Igreja, Comunicação, Educação, Saúde e Temperança, Associação Ministerial, Ministério da Mulher (departamento criado em 1990), Assuntos Públicos e Liberdade Religiosa e Publicações. Cada um desses tem um secretário ou diretor com um ou mais associados e alguns, em acréscimo, têm assistentes.

Vários serviços são operados pela AG em favor da organização da sede e das organizações subsidiárias, inclusive um departamento de transporte, um serviço de seguros para os interesses e instituições denominacionais, Serviços Institucionais e a Agência Adventista de Assistência e Desenvolvimento (ADRA).

A constituição autoriza a AG a organizar corporações como o desenvolvimento da obra requeira. A função dessas organizações é manter a propriedade e atender a outras responsabilidades fiscais como possam ser requeridas para conduzir a obra da AG uma vez que ela não é uma corporação legal.

Na IASD, os missionários são escolhidos, enviados e pagos pela própria AG. Em 1889, uma Comissão de Missões Estrangeiras foi organizada e operada como uma agência da Igreja até a Conferência Geral de 1903 e foi votado que “a supervisão das operações missionárias da denominação,” fossem assumidas pelo Comitê Executivo da AG (Boletim da AG, 14 de abril de /1903, p. 165), embora tenha continuado por algum tempo como uma entidade legal para transações de negócios.

Importante para a operação da AG é a função do Comitê Executivo, formado de uma grande proporção de membros ex-officio, juntamente com 40 membros eleitos que são escolhidos nas Conferências Gerais (CG) ou pelo Comitê Executivo. Os membros ex-officio do Comitê incluem todos os obreiros da AG que são eleitos nas CG. O Comitê Executivo tem plena autoridade administrativa durante os intervalos entre as sessões da CG, tendo autoridade para conceder credenciais e licenças a seus obreiros, preencher vagas que possam ocorrer por morte, renúncia ou de outra forma, em seus departamentos, comissões e agências; e também retirar credenciais e licenças por voto de 2/3 dos membros presentes em qualquer reunião regular. Sendo que a AG é uma organização mundial, o Comitê Executivo é internacional. Seu total de membros em 1992 era aproximadamente 300.

A AG é aceita por todas as organizações subsidiárias como a mais elevada autoridade na Igreja, que exerce sua plenitude na Conferência Geral.

A Associação Geral não é algo separado das igrejas, Associações ou Uniões, mas é a soma de todas essas, a união de todas partes para unidade e cooperação ao realizar a obra da qual Cristo incumbiu Sua Igreja. (Praxe da AG, “Administrative Relationships.” 1962. Veja Manual da Igreja, cap. 4).

Presidentes

  • John Byington (1863-1865);
  • Tiago White (1865 -1867; 1869 -1871, 1874 -1880);
  • John Nevins Andrews (1867-1869);
  • George I. Butler (1871-1874; 1880-1888);
  • Ole A. Olsen (1888-1897);
  • George A. Irwin (1897-1901);
  • Arthur G. Daniells (1901-1922);
  • William Spicer (1922-1930);
  • Charles H. Watson (1930-1936);
  • J. L. McElhany (1936-1950);
  • William H. Branson (1950-1954);
  • Ruben Figuhr (1954-1966);
  • Robert R. Pierson (1966-1979);
  • Neal Wilson (1979-1990);
  • Robert Folkenberg (1990-2000).
  • Jan Paulsen (2000 - 2010 )
  • Ted Wilson (2010 - )