Mudanças entre as edições de "Lydia Nunes Siqueira"

De wikiasd
Ir para: navegação, pesquisa
 
Linha 73: Linha 73:
 
[[Categoria:Professores]]
 
[[Categoria:Professores]]
 
[[Categoria:Escritores]]
 
[[Categoria:Escritores]]
[[Categoria:Voz da Profecia]]
+
[[Categoria:A Voz da Profecia]]
 
[[Categoria:Mulheres]]
 
[[Categoria:Mulheres]]

Edição atual tal como às 10h28min de 12 de janeiro de 2016

Lydia Nunes Siqueira
Lydia e José Siqueira
comemorando 50 anos de casamento
Nome completo Lydia Nunes Siqueira
Nascimento 27 de Dezembro de 1920 (99 anos)
Itajaí, SC
Nacionalidade Brasileira
Cidadania Americana
Filiação Mãe: Emília Beskow Conrad
Pai: Germano João Frederico Conrad
Cônjuge José Nunes Siqueira
Filho(s) Osilda, Celina, Bety, e Marcus
Ocupação Professora, Evangelismo Infantil, Instrutora Bíblica, e Escritora
Principais interesses Evangelização Infantil


LYDIA NUNES SIQUEIRA. Professora, Evangelista Infantil, Instrutora Bíblica, Palestrante sobre os benefícios de um viver saudável, Escritora, Esposa, e Mãe. Nasceu no dia 27 de dezembro de 1920 em Itajaí, Santa Catarina. Filha do Pastor Germano João Frederico Conrad [1] e Emília Beskow Conrad.

Como criança Lydia morou nos estados de Santa Catarina, Minas Gerais, e São Paulo, com a família acompanhando seu pai Pastor Conrad no seu trabalho de Obreiro Evangelista. Mudaram-se para Mogi das Cruzes, SP, em Junho de 1925 quando ele se aposentou por motivo de saúde, onde eram então a única família Adventista. Em 1932 Lydia, com 12 anos, ajudou distribuir convites para as conferências do Pastor Jerônimo Garcia [2] depois das quais estabeleceram a primeira congregação Adventista na cidade, sob os cuidados do Pastor Conrad.

Lydia foi batizada no dia 30 de dezembro de 1933, juntamente com José N Siqueira [3] (seu futuro esposo), no Rio Tietê, pelo Pastor Ennis Moore [4], então presidente da Associação Paulista.

Lecionou dois anos na Escola Adventista da Igreja em Mogi das Cruzes em 1939 e 1940. Casou-se no dia 22 de janeiro de 1941 com José Nunes Siqueira, e dessa união nasceram quatro filhos: Osilda, Celina, Bety, e Marcus.

Pastor José Siqueira foi pastor distrital em Ribeirão Preto de 1941 a 1943 e em Rio Preto de 1943 a 1945; durante esse período Lydia continuou lecionando nesses dois locais além das muitas responsabilidades de uma esposa de Pastor, como organista e diretora dos departamentos infantis e primários da Escola Sabatina. Ao se mudarem para o CAB (atual UNASP-SP) [5], ela lecionou mais três anos e meio, de 1946 a junho de 1949 na Escola de Aplicação. Em 1957 ela lecionou por meio ano na Escola da Igreja Adventista de Juvevê, Curitiba, PR.

Juntos, José e Lydia trabalharam na antiga Associação Paulista, na Voz da Profecia, Associação Paraná-Santa Catarina, na União Sul Brasileira (atual União Central e Sul Brasileira), e no IAE (atual UNASP-SP) [6]. Na Igreja de Moema (São Paulo) conduziu evangelismo infantil, com ajuda de Dna. Cecilia Napolitano, entre outros, na favela perto do aeroporto de Congonhas em São Paulo. Por um ano também participou no curso de alfabetização de adultos patrocinado pela Igreja de Moema. Em Moema também participou, em 1959, da primeira escola Bíblica de Férias organizada no Brasil pela Sra Neide Campolongo.

No final de 1965 Lydia veio com esposo e família aos EEUU onde ministraram em Igrejas em Los Angeles, Califórnia, e New Bedford, Massachussetts. Pastor Siqueira e Lydia voltaram para o Brasil em 1972 a convite do Pastor Wilson Sarli [7], presidente da Associação Paulista, indo para a cidade de São Carlos, SP.

De fev. 1975 a maio 1977 Lydia foi diretora da Escola Radio-Postal da Voz da Profecia (Rio de Janeiro) quando preparou o novo curso Encontro com a Vida.

Os Siqueiras voltaram para os EEUU em 1977. Ligados à Conferência de Nova Iorque (Greater New York Conference), Lydia foi Instrutora Bíblica do curso de correspondência do "Ministério de Furgões" (Van Ministry), um serviço de benefícios espirituais e de saúde para a comunidade, sob a direção de Juanita Kretschmar, esposa de Merlin Kretschmar, presidente da Conferência.

Após a jubilação do Pastor Siqueira em 1981, os Siqueiras se mudaram para a Florida, onde ambos foram os pioneiros na formação da Igreja para os espanhóis em Deltona e da Igreja Brasileira de Fort Lauderdale, onde Lydia foi apontada 1ª anciã; serviu de 1995 a 2005.

Pastor Siqueira faleceu em 2005; Lydia continua morando no sul da Florida. Com muito boa saúde, continua ativa na Igreja, onde lidera no estudo da Lição duas vezes por mês.


Lydia Siqueira escreveu A Saúde vem da Cozinha, em 1979, com grande aceitação nas Igrejas e entre os colportores; foi também co-autora do livro SoluciOnando ProblemaS, com José Siqueira, em 1991.

Seus hinos prediletos: Contigo, ó Deus, Almejo Andar, Hinário Adventista, número 404, Precioso é meu Jesus para Mim, 93, Não Ando Só, 382, e Junto a Cristo, 392. Os textos bíblicos de Salmo 103:1-4, Salmo 19:14, e Salmo 91:1 são os seus favoritos.

BIBLIOGRAFIA: Entrevista pessoal com Lydia N. Siqueira e filhos, jun. 2014 - out. 2014.